Como saber se um site é seguro para fazer compras?

As transações comerciais, feitas especialmente através de um equipamento eletrônico, como, por exemplo, computadores, tablets e smartphones são chamadas de Comércio Eletrônico.
Devido ao grande aumento desse comércio eletrônico, diversas empresas resolveram criar essa modalidade de comércio, o que de fato facilitou a vida de muitos brasileiros, porém, em relação ao tema
existem diversos casos de fraudes.
Diante da afirmação acima, demonstraremos abaixo os principais pontos para identificação de um site inseguro, que você não deve utilizar de maneira alguma, mesmo que a propaganda seja atrativa
para efetuar compras, vejamos:

1 – Uma das principais ferramentas que podemos usar é verificar se o
site utiliza uma CONEXÃO SEGURA.

2 – Também é válido para esse tipo de precaução, observar se o site apresenta um CERTIFICADO DE SEGURANÇA, existem organizações que garantem a autenticação e a segurança dos sites. O fornecedor que possui uma certificação geralmente coloca a comprovação no fim da página, através de um selo. No entanto, os sites falsos também podem colocar esta imagem normalmente, mas, para saber se de fato existe a certificação, basta clicar em cima da imagem, que automaticamente irá redirecionar ao site da organização com a confirmação de credencial válida.

3 – LEI DO E-COMMERCE – (DECRETO LEI Nº 7.962/2013)
Esta lei dispõe sobre a contratação no comércio eletrônico, e dentre as inúmeras regras descritas, o artigo 2º dispõe que o sítio eletrônico deve disponibilizar o nome empresarial e o número de inscrição do fornecedor (CPF ou CNPJ), endereço físico e eletrônico, informações para localização e contato, bem como características claras acerca do produto ou serviço.
Portanto, desconfie de sites que não disponham de tais informações, e, caso queira comprovar os dados do referido site, basta realizar uma busca no site registro.br, que demonstrará todas as informações
do titular do site. Ainda, recomenda-se realizar uma busca junto à Receita Federal em caso de pessoa jurídica, para verificar a situação cadastral da empresa.

4 – Nas PROMOÇÕES VIA E-MAIL deve-se ter cuidados antes de inserir os dados solicitados, pois, alguns cibercriminosos utilizam para enganar o usuário e levá-lo a entregar informações pessoais, como dados de cartão de crédito, CPF e senhas, fazendo isso através de um e-mail falso, ou também direcionando a um website falso.

5 – NOME DO DOMÍNIO, as vezes acabamos por digitar o site com o nome errado e existem criminosos virtuais que se aproveitam desse “erro” para aplicar seus golpes. Ou seja, eles criam uma página completamente falsa, com anúncios que não existem e por inserir preços baixos, e induzem a comprar.

6 – Antes de finalizar a compra, realize uma busca sobre a REPUTAÇÃO do site, sendo indispensável verificar o que outros consumidores dizem, como por exemplo, o site Reclame Aqui.
Esses são os principais pontos de verificação da veracidade de um site que demonstram requisitos básicos de segurança, e, por óbvio que é natural que uma loja idônea enfrente problemas como envio de produto diverso ou atraso na entrega, mas ainda sim é completamente diferente de sites fraudulentos que buscam APENAS enganar os consumidores.

7 – Ainda não se sente seguro? Ótimo, pois as chances de ter algum problema com a compra ficam ainda menores. Para acabar com qualquer dúvida, a melhor coisa a se fazer é ir atrás de INFORMAÇÕES OFICIAIS sobre a empresa.

Um dos principais diferenciais entre uma loja real e uma fraudulenta é a existência de um CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica), um documento que todas as empresas são obrigadas a fazer para poderem operar legalmente. Sem esse documento, a loja não pode emitir nota fiscal pelo produto à venda, o que é um dos principais indicativos de falsificação ou até mesmo operações mais ilegais. Além disso, a não regulamentação da loja também pode significar que ela simplesmente não existe e que utiliza o site apenas como uma espécie de golpe.
Entretanto, o CNPJ também não é sinônimo de confiança. Com o número do documento em mãos, basta procurar mais dados no Serasa para verificar a existência de algum problema ou pendência
jurídica.Portanto, a orientação é ter zelo antes de realizar sua compra.

Para mais informações entre em contato com um advogado.

– Grupo Alves Guimarães.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *